Tempestade de poeira e ventos fortes causam danos e mortes nos EUA

Ventos com força de furacão atingiram o Meio-Oeste dos Estados Unidos (EUA) na noite desta quinta-feira (12), com nuvens de poeira em cidades e localidades rurais, causando danos materiais generalizados e matando pelo menos duas pessoas.

Ventos em linha reta de até 169 km/h ocorreram de Kansas a Wisconsin, empurrando areia no horizonte e mergulhando comunidades na escuridão, informaram meteorologistas e especialistas em solo.

A nuvem de poeira fazia lembrar imagens do Dust Bowl da década de 1930, disseram os agricultores, com ventos derrubando estabelecimentos e virando carros nas estradas.

Uma pessoa morreu na queda de uma árvore em Sioux Falls, Dakota do Sul, informou o Serviço Nacional de Meteorologia. Segundo o jornal Minneapolis Star Tribune, em Minnesota, uma pessoa teria morrido quando um silo de grãos virou sobre um carro.

“O dano é extenso, mas poderia ter sido muito pior”, disse Todd Heitkamp, ​​meteorologista responsável pelo Serviço Nacional de Meteorologia em Sioux Falls, Dakota do Sul. Os danos mais graves atingiram partes dos estados de Nebraska, Dakota do Sul, Iowa e Minnesota, afirmou.

As condições secas nas Grandes Planícies e no Meio-Oeste, combinadas com práticas agrícolas tradicionais, como o preparo do solo, propiciaram a enorme tempestade de poeira, disse Joanna Pope, autoridade de relações públicas do Estado de Nebraska do Serviço de Conservação de Recursos Naturais do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

“A melhor defesa para esse tipo de coisa é instalar plantas de cobertura e práticas de economia de solo, como plantio direto”, afirmou Joanna.

 

*Agência Brasil




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *