Esposa de Daniel Silveira recebeu auxílio emergencial enquanto tinha cargo no Ministério do Meio Ambiente

Paola da Silva Daniel, esposa do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso após divulgar vídeo insultando ministros do Supremo Tribunal Federal, recebeu parcelas do auxílio emergencial, enquanto trabalhava como coordenadora de gestão de pessoas no Instituto de Pesquisas Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente.

O auxílio emergencial é um benefício criado apenas para pessoas desempregadas ou quem tem emprego informal.

A nomeação da esposa do deputado foi feita no dia 16 de outubro, de acordo com reportagem de Pedro Capetti, em O Globo. O salário de Paola era de R$ 5,6 mil por mês.

Durante o tempo em que ela exerceu o cargo no instituto, segundo a Caixa, há registro no sistema deo pagamento de quatro das sete parcelas recebidas do benefício, totalizando R$ 1.800. A quantia representa metade do que Paola recebeu no programa desde que foi inscrita.

 

*Folhapress




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *