Em jogaço no Beira-Rio, Flamengo busca empate no fim, e Inter mantém liderança

Um jogaço no Beira-Rio. Internacional e Flamengo justificaram a briga acirrada pela liderança do Brasileirão. Quatro gols, dez cartões amarelos, bolas na trave e equilíbrio que reflete a tabela. Os cariocas buscaram o empate por 2 a 2 já nos acréscimos, e os gaúchos seguem em primeiro pelos critérios de desempate. Abel Hernández e Galhardo fizeram para o Colorado, Pedro e Everton Ribeiro igualaram.

A intensidade das duas equipes ditou o ritmo de um primeiro tempo a mil por hora. O Internacional começou sem dar espaço para o Flamengo respirar e Abel Hernández já tinha desperdiçado grande chance quando recebeu de Patrick para abrir o placar aos seis. A origem do gol foi a marcação forte e alta do Colorado, forçando o erro de Isla. Cena que se repetiria pouco depois.

O Flamengo não demorou para igualar com Pedro em linda jogada individual. Girou na intermediária, avançou com espaço e chapou no canto de Lomba. Os cariocas igualavam o placar e a partida, mas a marcação forte e alta do Inter voltou a fazer a diferença quando Gustavo Henrique deu presente para Thiago Galhardo marcar seu 15º gol no Brasileirão ao tocar na saída de Hugo.

O artilheiro ainda teve um gol bem anulado por impedimento em um primeiro tempo onde o Inter tirou espaços do Flamengo e foi melhor.

Na volta do intervalo, o panorama mudou completamente. Foi o Flamengo quem ditou o rumo da partida. Deslocado para o meio após primeiro tempo apagado na esquerda, Gérson chamou para si o jogo e levou o time ao ataque. Os visitantes se mandaram para frente, pressionaram e correram riscos na defesa.

 

*Gazeta Esportiva




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *