Contrair gripe dá alguma proteção contra a Covid-19? Estudo responde

Um novo estudo revelou que pessoas que haviam recuperado recentemente de uma constipação registraram um aumento de células T, que por sua vez podem oferecer proteção contra uma ampla gama de coronavírus.

Cientistas da University College London, no Reino Unido, rastrearam mais de 750 profissionais de saúde que trabalhavam com pacientes que sofriam de Covid-19.

No decorrer do estudo, os investigadores detectaram que 58 dos participantes que nunca haviam testado positivo para a Covid-19, e todos eles mostraram um aumento na produção de células T.

Os resultados do estudo, publicado na revista médica Nature, apontam que “a exposição prévia à gripe comum pode dar um avanço contra o vírus”, disse o autor Leo Swadling ao jornal The Telegraph.

Swadling explicou que a existência das células T “inclina a balança a favor do sistema imunológico eliminando o vírus antes que este se comece a replicar”.

Os investigadores também descobriram que ao invés de evitar completamente a infecção, alguns dos trabalhadores experienciaram uma infecção leve que não foi detectada nos testes de rotina. Dr Swadling descreveu o achado como “infeção abortiva”.

 

*Folhapress




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *