Caso Marielle: suspeito era de milícia de Curicica, diz delegada

Renato Nascimento dos Santos, também conhecido como Renatinho Problema, foi preso pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (18) na Baixada Fluminense, suspeito de envolvimento no assassinato de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

De acordo com a delegada Carla Tavares do 82º DP de Maricá. “Renatinho é integrante da quadrilha de Orlando de Curicica”.

A delegada ainda não confirmou sua ligação com o assassinato de Marielle Franco (PSOL), em março deste ano.

“A participação no envolvimento com a morte da Marielle, só a DH (divisão de homicídios) é que poderá informar. A gente prendeu um elemento, o Renatinho Problema, que é um dos integrantes da quadrilha do Orlando de Curicica. É isso o que temos aqui”.

Orlando de Oliveira de Araújo, o Orlando de Curicica, cumpre pena de 44 anos no Complexo Penitenciário de Bangu. Ele é apontado por testemunha como um dos mandantes do assassinato de Marielle. Ele é o suposto líder de uma milícia da qual Renatinho Problema também faria parte, em Jacarepaguá.

 

*Notícias ao Minuto




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *