Caso Madeleine: polícia portuguesa divulga retrato falado ‘inusitado’

A polícia portuguesa forneceu para o documentário “Madeleine está viva”, da Netflix, um retrato falado um tanto quanto inusitado do suspeito de raptar a menina inglesa Madeleine MCCann, que desapareceu no país em 3 de maio de 2007.

O desenho, que mostra apenas um rosto ovalado e um esboço de cabelo, foi feito com base em informações de Simon Russell, dono de uma loja na praia e testemunha do rapto.

Veja:

Notícias ao Minuto

O documentário sugere que a menina foi levada por traficantes de pessoas que agiam na Praia da Luz, que fica no Algarve, Sul de Portugal, e que a vítima está viva. Madeleine desapareceu aos 3 anos, enquanto os seus pais jantavam com amigos em um restaurante próximo ao local onde estavam hospedados.

 

*Notícias ao Minuto




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *