Bill Clinton levou “duas garotas jovens” para “ilha da orgia” de Epstein, diz testemunha

Em documento revelado nesta quinta-feira (3o), uma testemunha do caso que investiga as acusações contra o empresário americano Jeffrey Epstein, condenado por organizar um complexo esquema de tráfico sexual e abuso de menores – através dos quais oferecia serviços sexuais -, aponta que o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, esteve presente na chamada “ilha da orgia” do empresário e levou “duas jovens”.

Segundo os jornalistas Ben Feuerherd e Kenneth Garger, do New York Post, a testemunha Virginia Giuffre, que também apontou envolvimento da socialite Ghislaine Maxwell no esquema, disse em 2015 que o ex-presidente visitou a ilha com “duas garotas jovens” na sua presença.

“Eu me lembro de perguntar a Jeffrey o que Bill Clinton está fazendo aqui, e ele riu e disse: ‘bem, ele me deve um favor’. Ele nunca me disse quais eram os favores. Eu nunca soube. Eu não sabia se ele estava falando sério. Foi só uma piada”, declarou Giuffre. O caso teria ocorrido em 2011.

Os documentos que mostram as declarações de Giuffre sobre Clinton foram revelados pela juíza Loretta Preska na quinta-feira. Segundo o RT, os documentos mostram ainda que o FBI sabia dos

 

*Com informações do NY Post e do RT




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *