Com gol de Felipe, Fortaleza vence o Internacional e chega aos 15 pontos

O São Paulo foi superior ao Fortaleza no primeiro tempo, fez 1 a 0, com Brenner, e poderia ter ampliado. O gol saiu aos dez minutos, quando o jogo ainda era truncado. Daniel Alves mandou na área, Igor Gomes dividiu pelo alto, e a bola sobrou para o atacante, de voleio, abrir o placar. A vantagem não impediu que o time de Fernando Diniz continuasse atacando. As melhores chances foram da equipe da casa: um bom chute de Igor Gomes na entrada da área, uma finalização de Luciano, um cruzamento perigoso de Reinaldo. O Fortaleza, muito mal no jogo, perdeu as disputas pelo meio e mal conseguiu chegar ao ataque. A primeira finalização foi aos 39 minutos, em chute de longe de David.

O São Paulo volta a campo nesta quarta-feira, contra o Lanús, na Argentina. Será sua estreia na Copa Sul-Americana deste ano. O próximo compromisso do Fortaleza é no sábado, às 21h, em casa, contra o Fluminense, pelo Brasileirão.

O segundo tempo demorou 19 minutos para começar, consequência da conversa entre Rogério Ceni e os jogadores do Fortaleza no intervalo. O treinador mandou o time a campo com uma modificação: a entrada de Yuri César, um atacante, no lugar de Ronald, um volante. O Leão, especialmente a partir dos dez minutos, começou a atacar o São Paulo e fez o goleiro Tiago Volpi trabalhar. Aos 12, ele saiu nos pés de Gabriel Dias, que invadiu a área pela direita, para impedir o gol; aos 14, espalmou chute de Felipe de fora da área; aos 20, segurou chute cruzado de David. Em apuros, pressionado, com Daniel Alves errando muito, o São Paulo encontrou desafogo novamente em Brenner. Aos 26, Gabriel Sara cruzou, Bruno Alves disputou pelo alto, e o atacante pegou de primeira para fazer mais um: 2 a 0. Aos 35, porém, o Fortaleza renasceu. Diego Costa saiu jogando errado. Yuri César aproveitou e acionou David, que tocou na saída de Tiago Volpi e descontou: 2 a 1. Os visitantes passaram a alçar bolas na área, até que uma delas entrou: Juninho mandou pelo alto, e Roger Carvalho, de cabeça, aos 46 minutos, empatou a partida e levou a decisão aos pênaltis.

 

*Gazeta Esportiva




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *